Custom Audiences: o Guia Completo do Público Personalizado no Facebook

By 29 de março de 2017Social Audiences
Custom Audiences: Guia Completo das Audiências Personalizadas

Se você trabalha com redes sociais, como o Facebook, LinkedIn, etc, com certeza já viu em algum lugar o termo Custom Audience.

Custom Audience ou Público Personalizado (trazendo para o português) é uma combinação de dados de primeira parte com dados de terceira parte, isto é, é o cruzamento dos dados que você possui (primeira parte) com dados de outras empresas ou pessoas (terceira parte). Com uma Custom Audience, você consegue ter dados mais completos dos seus clientes, podendo direcionar e personalizar melhor os seus anúncios para eles. Você consegue customizar o seu público nas diversas plataformas.

Na prática, isso significa criar campanhas nas mídias sociais específicas para uma audiência. Por exemplo, você pode divulgar a atualização de seu produto apenas para quem já é usuário dele. Ou então, exibir um conteúdo especialmente para os visitantes de uma certa página de seu site. Ou ainda, mostrar um vídeo apenas para quem baixou o aplicativo para celular de sua empresa.

Você também pode usar os Públicos Personalizados para outra coisa: conhecer melhor o perfil e os interesses de sua audiência atual, usando o Facebook Audience Insights. Mas falaremos mais sobre isso numa outra ocasião.

Cada uma das plataformas digitais dá um nome diferente às suas audiências personalizadas, como é o caso do Twitter (que nomeia Custom Audience de Tailored Audiences) e do Google (chamada de Customer Match). Neste post, trataremos especificamente da personalização no Facebook. Afinal, 62% das pessoas ao redor do mundo checam seus celulares ao menos 30x por dia; e dessas 30x olhando o celular no dia, 14x são no Facebook.

Como personalizo meu público no Facebook?

O primeiro passo é ir no seu painel Facebook Ad Manager (Gerenciador de Anúncios), que fica no mesmo menu onde você gerencia suas páginas e realiza logout da sua conta. Lá você tem a opção de “Criar anúncios” e/ou “Gerenciar anúncios”.

 

criar-anunciosApós selecionar uma dessas opções, você escolhe o seu objetivo de campanha, que pode ser:

  • Reconhecimento da marca: Alcance pessoas com maior probabilidade de prestar atenção nos seus anúncios e aumentar o reconhecimento da sua marca.
  • Divulgação nas imediações: Promova seu negócio para quem está por perto
  • Alcance: Exiba seu anúncio para o máximo de pessoas.
  • Tráfego: Envie mais pessoas a um destino dentro ou fora do Facebook.
  • Envolvimento: Faça mais pessoas verem sua publicação ou Página e se envolverem com ela. O envolvimento pode incluir comentários, compartilhamentos, curtidas, participações no evento e obtenções da oferta.
  • Instalações do aplicativo: Envie as pessoas para a loja onde elas podem comprar seu aplicativo.
  • Visualizações do vídeo: Promova vídeos que mostrem cenas dos bastidores, lançamentos de produtos ou histórias de clientes para aumentar a conscientização sobre a sua marca.
  • Geração de cadastros: Colete informações de cadastros de pessoas interessadas nos seus negócios.
  • Conversões: Faça as pessoas executarem ações valiosas no seu site ou aplicativo, como adicionar informações de pagamento ou fazer uma compra. Use o pixel do Facebook ou eventos do aplicativo para rastrear e medir conversões.
  • Vendas do catálogo de produtos: Crie anúncios que mostram automaticamente produtos do seu catálogo com base no seu público-alvo
  • Visitas ao estabelecimento: Promova vários pontos comerciais para pessoas que estão nas imediações.

Com uma dessas opções selecionadas, na barra lateral à esquerda, você vai em “Conjunto de anúncios” e clica em “Público”.

Vá para a barra principal do “Gerenciador de Anúncios”.

gerenciador-de-anuncios

Clique em “Todas as ferramentas” e posteriormente, na aba de “Ativos”, selecione “Públicos”.

Após isso, você será direcionado outra página com algumas opções de configuração para criar o seu público. Dentre essas opções estão: Público Personalizado, Público Semelhante (te ajuda a alcançar novas pessoas que sejam similares aos públicos que já são do seu interesse) e Público Salvo (são opções pré-configuradas por você).

Público Personalizado

Há algumas formas para você cruzar os seus dados com os do Facebook e personalizar o seu público na rede social. Após selecionar a opção para “Criar um público personalizado”, abrirá uma janela com as seguintes opções de personalização:

1. Arquivo de clientes

arquivo de clientes

2. Tráfego do site

tráfego do site

3. Atividade em aplicativos

atividade em aplicativos

4. Envolvimento no Facebook

envolvimento no facebook

Neste caso, trabalharemos com a opção de “Arquivo de clientes”.

arquivo-de-clientes-2

Para adicionar a sua base, há duas formas: “Escolha um arquivo ou copie e cole dados” e “Importe do MailChimp”. Selecione a opção que mais se adeque a você.

importe-mailchimp

Identificadores

Selecionando a opção “Arquivo de clientes”, você consegue importar sua base de clientes. Para isso, é importante que você tenha o máximo de dados possíveis dos seus clientes. Para ter uma correspondência mais precisa com o Facebook, o ideal é que você tenha três endereços de e-mail válidos, três telefones de contato, nome e sobrenome, CEP, cidade e data de nascimento. Porém, isso não é uma regra e você não precisa ter todos esses dados para conseguir um cruzamento. Essas informações são extremamente relevantes, pois ajudam o Facebook a identificar essas pessoas e fazer o cruzamento com os seus dados.

tabela-identificadores

Ao subir sua base, seus dados serão mapeados pelo Facebook. Caso os campos de identificadores subam no lugar errado, você consegue selecionar e alterar para o campo correto.

carregamento-de-base

Após isso, seus dados serão carregados e o Facebook fará a correspondência para criar o seu Público Personalizado.

Sua Custom Audience foi criada.

Vale ressaltar que ao importar sua base, o Facebook apontará quantos contatos foram encontrados, mas não indicará quem são.

Boas práticas

Criar uma Custom Audience ou Público Personalizado ajuda você a segmentar melhor os seus anúncios. Por exemplo, você vende uma determinada marca de smartphones e já tem um público cativo. Personalizando o seu público, você consegue impactar a sua audiência já existente e atrair novos leads, que têm o perfil similar com o seu público, chamados de Lookalike.

Entre as boas práticas para criar o seu Público Personalizado, obviamente ter uma base com todos os dados que mencionamos acima é fundamental. Uma base “limpa” e qualificada ajuda o Facebook a ter maior precisão ao cruzar os dados.

Gostou do post? Deixe seu comentário e se inscreva para o Conversion Academy.

Conversion Academy - Participe do Conversion Academy, melhore suas estratégias de marketing digital. Participe de nosso próximo workshop. Reserve sua vaga!

Join the discussion 2 Comments

  • Rodrigo disse:

    Olá, muito bom o conteúdo e atualizado. Cheguei até aqui em procura de uma maneira de segmentar pelo ID do usuário, porém não encontrei mais essa opção no gerenciador de anúncios. Essa funcionalidade foi removida?

    • Igni Brasil Igni Brasil disse:

      Oi, Rodrigo, obrigado pelo comentário! O Facebook User ID é um dos critérios usados pelo Facebook para fazer o Match entre sua audiência e os usuários no Facebook. Na verdade, é a forma mais garantida de encontrar seu público. Então é possível, basta trazer essa info ao importar sua base.

Gostou? Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.